Impostos sobre o comércio exterior

Comenta o fato da redução das alíquotas do imposto de importação no início da implantação do Plano Real, pelo então Ministro Ciro Gomes, como uma forma de aumentar a oferta de bens, que constituía uma necessidade naquele momento. Naquela ocasião, com a escassez de muitos produtos no mercado brasilei...

Full description

Main Author: Machado, Hugo de Brito
Format: Artigo
Language: Português
Published: 2005
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-1391
recordtype dspace
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-13912017-05-22STJMachado, Hugo de Brito2005-10-21T15:06:23Z2005-10-21T15:06:23Z2002-08-05http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/1391Comenta o fato da redução das alíquotas do imposto de importação no início da implantação do Plano Real, pelo então Ministro Ciro Gomes, como uma forma de aumentar a oferta de bens, que constituía uma necessidade naquele momento. Naquela ocasião, com a escassez de muitos produtos no mercado brasileiro, a ação foi importante instrumento que garantiu o abastecimento do mercado. Os impostos em geral classificam-se como fiscais e extrafiscais. São fiscais aqueles cuja finalidade essencial é a arrecadação de recursos financeiros. São extrafiscais aqueles cuja finalidade essencial não é a arrecadação de recursos financeiros, mas a produção de efeitos econômicos pela indução dos comportamentos que se deseja dos agentes da economia. Os impostos sobre o comércio exterior, isto é o imposto de importação e o imposto de exportação, têm função nitidamente extrafiscal. São instrumentos da política econômica. Devem ser utilizados exatamente para a produção de efeitos na economia e por isto mesmo podem ter suas alíquotas alteradas pelo Poder Executivo, isto é, podem ser aumentados e reduzidos sem que isto dependa do Congresso Nacional.ArtigoImpostos sobre o comércio exteriorPortuguêsOpen accessImposto de importaçãoComércio exteriorComércio externoRelações comerciais29519 bytes application/pdf
institution STJ
collection DSpace
language Português
topic Imposto de importação
Comércio exterior
Comércio externo
Relações comerciais
spellingShingle Imposto de importação
Comércio exterior
Comércio externo
Relações comerciais
Machado, Hugo de Brito
Impostos sobre o comércio exterior
description Comenta o fato da redução das alíquotas do imposto de importação no início da implantação do Plano Real, pelo então Ministro Ciro Gomes, como uma forma de aumentar a oferta de bens, que constituía uma necessidade naquele momento. Naquela ocasião, com a escassez de muitos produtos no mercado brasileiro, a ação foi importante instrumento que garantiu o abastecimento do mercado. Os impostos em geral classificam-se como fiscais e extrafiscais. São fiscais aqueles cuja finalidade essencial é a arrecadação de recursos financeiros. São extrafiscais aqueles cuja finalidade essencial não é a arrecadação de recursos financeiros, mas a produção de efeitos econômicos pela indução dos comportamentos que se deseja dos agentes da economia. Os impostos sobre o comércio exterior, isto é o imposto de importação e o imposto de exportação, têm função nitidamente extrafiscal. São instrumentos da política econômica. Devem ser utilizados exatamente para a produção de efeitos na economia e por isto mesmo podem ter suas alíquotas alteradas pelo Poder Executivo, isto é, podem ser aumentados e reduzidos sem que isto dependa do Congresso Nacional.
format Artigo
author Machado, Hugo de Brito
author_sort Machado, Hugo de Brito
title Impostos sobre o comércio exterior
title_short Impostos sobre o comércio exterior
title_full Impostos sobre o comércio exterior
title_fullStr Impostos sobre o comércio exterior
title_full_unstemmed Impostos sobre o comércio exterior
title_sort impostos sobre o comércio exterior
publishDate 2005
url http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/1391
_version_ 1572562978959523840
score 12,076287