Tratado de sciencia da administração e direito administrativo

Filho do Senador Augusto Olympio Gomes de Castro e D. Ana Rosa de Viveiros de Castro, Augusto Olympio Viveiros de Castro nasceu em 27 de agosto de 1867, na província do Maranhão. Em 1888, recebeu o grau de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Recife. Exerceu as funçõ...

Full description

Main Author: Castro, Augusto Olympio Viveiros de
Format: Livro
Language: Português
Published: Imprensa Nacional 2009
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-19514
recordtype stj
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-195142017-06-20 Tratado de sciencia da administração e direito administrativo Castro, Augusto Olympio Viveiros de Direito administrativo, Brasil Organização administrativa, Brasil Administração pública, Brasil Gestão pública Ministérios e departamentos Filho do Senador Augusto Olympio Gomes de Castro e D. Ana Rosa de Viveiros de Castro, Augusto Olympio Viveiros de Castro nasceu em 27 de agosto de 1867, na província do Maranhão. Em 1888, recebeu o grau de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Recife. Exerceu as funções de Promotor Público da comarca de Santa Maria Madalena, substituto do Juiz Seccional do Estado do Maranhão, representante do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas e Diretor do mesmo Instituto, tendo também se dedicado à advocacia. O decreto de 27 de janeiro de 1915 o nomeou para o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal. Foi Lente Catedrático da antiga Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro, Professor da Academia de Altos Estudos, sócio do Instituto Histórico e Geográfico e substituto de Pedro Lessa na Liga de Defesa Nacional. Publicou várias obras, dentre elas: O Contrabando (1899), Tratado dos Impostos (2 edições, 1901, 1910), Tratado de Direito Administrativo e Ciência da Administração (3 edições, 1906, 1912 e 1914), De l’ expropriation à cause de l’ utilité publique (1910), A Nova Escola Penal (1913), Estudos de Direito Público (1914) e Curso de Direito Internacional Privado (1920). Faleceu em 14 de abril de 1927, na cidade de São Paulo, e foi sepultado no Cemitério de São João Batista, no Rio de Janeiro. Publicada em um período no qual o Direito Administrativo era de formação relativamente recente, estando sujeito a controvérsias e constantes modificações, a obra busca suprir a carência de estudos sobre esta área no Brasil. Trata da evolução histórica da administração e de como esse ramo do Direito foi abordado em várias nações ao longo dos tempos, procurando também fazer distinção entre a Ciência da Administração e o Direito Administrativo. Expõe a doutrina, com base em lições de autores notáveis, e compara a legislação brasileira com a de países cujas estruturas se aproximavam da nossa. Verificando a necessidade de estabelecer pilares para a nossa organização administrativa, o autor explicita a intenção de que o livro servisse como rascunho a ser aprimorado pelos mestres, defendendo que só depois disso é que se poderia falar de um Direito Administrativo Brasileiro. 2009-01-27T16:36:39Z 2009-01-27T16:36:39Z 1906 Livro CASTRO, Augusto Olympio Viveiros de. Tratado de Sciencia da Administração e Direito Administrativo. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1906. CASTRO, Augusto Olympio Viveiros de. Tratado de Sciencia da Administração e Direito Administrativo. BDJur, Brasília, DF, 2008. Disponível em: <http://bdjur.stj.jus.br//dspace/handle/2011/19514>. http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/19514 pt_BR open access Imprensa Nacional
institution STJ
collection STJ
language Português
topic Direito administrativo, Brasil
Organização administrativa, Brasil
Administração pública, Brasil
Gestão pública
Ministérios e departamentos
spellingShingle Direito administrativo, Brasil
Organização administrativa, Brasil
Administração pública, Brasil
Gestão pública
Ministérios e departamentos
Castro, Augusto Olympio Viveiros de
Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
description Filho do Senador Augusto Olympio Gomes de Castro e D. Ana Rosa de Viveiros de Castro, Augusto Olympio Viveiros de Castro nasceu em 27 de agosto de 1867, na província do Maranhão. Em 1888, recebeu o grau de Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Recife. Exerceu as funções de Promotor Público da comarca de Santa Maria Madalena, substituto do Juiz Seccional do Estado do Maranhão, representante do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas e Diretor do mesmo Instituto, tendo também se dedicado à advocacia. O decreto de 27 de janeiro de 1915 o nomeou para o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal. Foi Lente Catedrático da antiga Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro, Professor da Academia de Altos Estudos, sócio do Instituto Histórico e Geográfico e substituto de Pedro Lessa na Liga de Defesa Nacional. Publicou várias obras, dentre elas: O Contrabando (1899), Tratado dos Impostos (2 edições, 1901, 1910), Tratado de Direito Administrativo e Ciência da Administração (3 edições, 1906, 1912 e 1914), De l’ expropriation à cause de l’ utilité publique (1910), A Nova Escola Penal (1913), Estudos de Direito Público (1914) e Curso de Direito Internacional Privado (1920). Faleceu em 14 de abril de 1927, na cidade de São Paulo, e foi sepultado no Cemitério de São João Batista, no Rio de Janeiro.
format Livro
author Castro, Augusto Olympio Viveiros de
title Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
title_short Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
title_full Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
title_fullStr Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
title_full_unstemmed Tratado de sciencia da administração e direito administrativo
title_sort tratado de sciencia da administração e direito administrativo
publisher Imprensa Nacional
publishDate 2009
url http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/19514
_version_ 1673234865878728704
score 12,51212