A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva

Trata da capacidade contributiva, que é o poder de contribuir, é a disponibilidade de riquezas para participar dessa solidariedade social que é a arrecadação de fundos públicos necessários para a satisfação das necessidades seletivas. Declara que sempre que possível, os impostos terão caráter pessoa...

Full description

Main Author: Fux, Luiz
Format: Artigo
Language: Português
Published: 2010
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-29755
recordtype dspace
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-297552017-05-22STJFux, Luiz2010-04-27T16:11:39Z2010-04-27T16:11:39Z2007http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/29755Trata da capacidade contributiva, que é o poder de contribuir, é a disponibilidade de riquezas para participar dessa solidariedade social que é a arrecadação de fundos públicos necessários para a satisfação das necessidades seletivas. Declara que sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte. Ressalta que a capacidade contributiva tem como seu fundamento, basicamente, o princípio da isonomia: as pessoas têm que pagar na medida de sua capacidade, e quem tem menos, paga menos, quem tem mais, paga mais. Ressalta que o STF e o STJ vão mais longe: aplicam-na não só nos impostos reais, pessoais, diretos ou indiretos, sabendo que vai haver lá um consumidor final, que vai adquirir já com o tributo inserido, mas já faz a diferença das alíquotas e da base de cálculo. Por fim, afirma que a capacidade contributiva é uma questão do alcance do justo e da justiça.ArtigoA atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributivaPortuguêsOpen access restricted accessCapacidade contributiva, BrasilTributação, BrasilIsonomia constitucional, BrasilIgualdade civilIgualdade (direito constitucional)IsonomiaPrincípio da igualdadePrincípio da isonomia
institution STJ
collection DSpace
language Português
topic Capacidade contributiva, Brasil
Tributação, Brasil
Isonomia constitucional, Brasil
Igualdade civil
Igualdade (direito constitucional)
Isonomia
Princípio da igualdade
Princípio da isonomia
spellingShingle Capacidade contributiva, Brasil
Tributação, Brasil
Isonomia constitucional, Brasil
Igualdade civil
Igualdade (direito constitucional)
Isonomia
Princípio da igualdade
Princípio da isonomia
Fux, Luiz
A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
description Trata da capacidade contributiva, que é o poder de contribuir, é a disponibilidade de riquezas para participar dessa solidariedade social que é a arrecadação de fundos públicos necessários para a satisfação das necessidades seletivas. Declara que sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte. Ressalta que a capacidade contributiva tem como seu fundamento, basicamente, o princípio da isonomia: as pessoas têm que pagar na medida de sua capacidade, e quem tem menos, paga menos, quem tem mais, paga mais. Ressalta que o STF e o STJ vão mais longe: aplicam-na não só nos impostos reais, pessoais, diretos ou indiretos, sabendo que vai haver lá um consumidor final, que vai adquirir já com o tributo inserido, mas já faz a diferença das alíquotas e da base de cálculo. Por fim, afirma que a capacidade contributiva é uma questão do alcance do justo e da justiça.
format Artigo
author Fux, Luiz
author_sort Fux, Luiz
title A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
title_short A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
title_full A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
title_fullStr A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
title_full_unstemmed A atuação do STJ em face do princípio da capacidade contributiva
title_sort atuação do stj em face do princípio da capacidade contributiva
publishDate 2010
url http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/29755
_version_ 1572565324939657216
score 12,045263