O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?

Apresenta uma evolução histórica dos diversos sentidos que o conceito de ação teve ao longo do tempo. Conclui que existe bastante continuidade no conceito de ação, na medida em que serve de instrumento para a seletividade promovida a partir da semântica dos direitos subjetivos.

Main Authors: Costa, Henrique Araújo, Costa, Alexandre Araújo
Format: Artigo
Language: Português
Published: 2011
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-42769
recordtype stj
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.BDJURr1:oai:localhost:2011-427692017-06-20 O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura? Costa, Henrique Araújo Costa, Alexandre Araújo Processo Jurisdição Direito subjetivo Filosofia Direito de ação Direito de demandar Apresenta uma evolução histórica dos diversos sentidos que o conceito de ação teve ao longo do tempo. Conclui que existe bastante continuidade no conceito de ação, na medida em que serve de instrumento para a seletividade promovida a partir da semântica dos direitos subjetivos. 2011-12-07T10:55:35Z 2011-12-07T10:55:35Z 2011-10 Artigo COSTA, Henrique Araújo; COSTA, Alexandre Araújo. O conceito de ação: da teoria clássica à moderna: continuidade ou ruptura? Revista Brasileira de Direito Processual, Belo Horizonte, v. 19, n. 76, out./dez. 2011. Disponível em: <http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/42769>. Acesso em: 5 dez. 2011. http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/42769 pt_BR Revista brasileira de direito processual
institution STJ
collection STJ
language Português
topic Processo
Jurisdição
Direito subjetivo
Filosofia
Direito de ação
Direito de demandar
spellingShingle Processo
Jurisdição
Direito subjetivo
Filosofia
Direito de ação
Direito de demandar
Costa, Henrique Araújo
Costa, Alexandre Araújo
O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
description Apresenta uma evolução histórica dos diversos sentidos que o conceito de ação teve ao longo do tempo. Conclui que existe bastante continuidade no conceito de ação, na medida em que serve de instrumento para a seletividade promovida a partir da semântica dos direitos subjetivos.
format Artigo
author Costa, Henrique Araújo
Costa, Alexandre Araújo
title O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
title_short O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
title_full O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
title_fullStr O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
title_full_unstemmed O conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
title_sort o conceito de ação : da teoria clássica à moderna : continuidade ou ruptura?
publishDate 2011
url http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/42769
_version_ 1673236286665654272
score 12,510572