Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina

Propõe uma ampliação do conceito de "competência política" que ultrapasse as tomadas de decisões próprias do processo eleitoral e que abarque, também, os valores democráticos. De forma mais específica, busca compreender qual efeito que o conhecimento político exerce sobre a adesão a difere...

Full description

Main Authors: Fuks, Mario, Casalecchi, Gabriel Avila
Other Authors: Tribunal Superior Eleitoral
Format: Artigo
Language: Português
Published: 2020
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.teste5:oai:localhost:bdtse-6887
recordtype tse
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.teste5:oai:localhost:bdtse-68872020-06-27 Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina Expanding the civic competence framework : political knowledge and democratic legitimacy in Latin America Fuks, Mario Casalecchi, Gabriel Avila Tribunal Superior Eleitoral Participação política Comportamento político Comportamento eleitoral Democracia América Latina Propõe uma ampliação do conceito de "competência política" que ultrapasse as tomadas de decisões próprias do processo eleitoral e que abarque, também, os valores democráticos. De forma mais específica, busca compreender qual efeito que o conhecimento político exerce sobre a adesão a diferentes princípios democráticos. Para isso, foram utilizados os dados do Barômetro das Américas de 2008. A medida de conhecimento factual foi obtida com perguntas como "qual o nome do presidente/líder do Congresso", "quanto tempo dura o mandato do presidente ou primeiro ministro" etc. A medida de atitudes democráticas foi obtida com perguntas como "a democracia é preferível a qualquer outra forma de governo" ou "sob algumas circunstâncias, um governo autoritário pode ser preferível a um regime democrático", entre outras. Os resultados demonstram que o conhecimento político tem um efeito positivo e estatisticamente significativo não só sobre a preferência pela democracia, como também sobre os princípios subjacentes ao regime, como o apoio às eleições livres e competitivas, a participação política, o controle e a separação dos poderes, o primado da lei e a tolerância. Argumenta que esses achados têm implicações importantes para as pesquisas sobre a relação entre conhecimento político e legitimidade democrática. 2020-06-25T19:24:32Z 2020-06-25T19:24:32Z 2018 Artigo FUKS, Mario; CASALECCHI, Gabriel Avila. Expandindo o conceito de competência política: conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina. Revista de Sociologia e Política, Curitiba, v. 26, n. 68, p. 61-74, dez. 2018. http://bibliotecadigital.tse.jus.br/xmlui/handle/bdtse/6887 pt_BR <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR"><img alt="Licença Creative Commons" style="border-width:0" src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc-sa/4.0/88x31.png" /></a><br />Este item está licenciado com uma Licença <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/deed.pt_BR">Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional</a>. 14 p.
institution TSE
collection TSE
language Português
topic Participação política
Comportamento político
Comportamento eleitoral
Democracia
América Latina
spellingShingle Participação política
Comportamento político
Comportamento eleitoral
Democracia
América Latina
Fuks, Mario
Casalecchi, Gabriel Avila
Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
description Propõe uma ampliação do conceito de "competência política" que ultrapasse as tomadas de decisões próprias do processo eleitoral e que abarque, também, os valores democráticos. De forma mais específica, busca compreender qual efeito que o conhecimento político exerce sobre a adesão a diferentes princípios democráticos. Para isso, foram utilizados os dados do Barômetro das Américas de 2008. A medida de conhecimento factual foi obtida com perguntas como "qual o nome do presidente/líder do Congresso", "quanto tempo dura o mandato do presidente ou primeiro ministro" etc. A medida de atitudes democráticas foi obtida com perguntas como "a democracia é preferível a qualquer outra forma de governo" ou "sob algumas circunstâncias, um governo autoritário pode ser preferível a um regime democrático", entre outras. Os resultados demonstram que o conhecimento político tem um efeito positivo e estatisticamente significativo não só sobre a preferência pela democracia, como também sobre os princípios subjacentes ao regime, como o apoio às eleições livres e competitivas, a participação política, o controle e a separação dos poderes, o primado da lei e a tolerância. Argumenta que esses achados têm implicações importantes para as pesquisas sobre a relação entre conhecimento político e legitimidade democrática.
author2 Tribunal Superior Eleitoral
format Artigo
author Fuks, Mario
Casalecchi, Gabriel Avila
title Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
title_short Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
title_full Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
title_fullStr Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
title_full_unstemmed Expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na América Latina
title_sort expandindo o conceito de competência política : conhecimento político e atitudes democráticas na américa latina
publishDate 2020
url http://bibliotecadigital.tse.jus.br/xmlui/handle/bdtse/6887
_version_ 1673264010633412608
score 12,504384