E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)

Testa a hipótese de que mesmo após o fim do financiamento de campanha por pessoas jurídicas no Brasil nas eleições de 2016 se manteve uma correlação positiva entre a magnitude do efeito do gasto de campanha e a quantidade de votos obtidos pelos candidatos, bem como identifica quais atores passaram a...

Full description

Main Author: Arruda, Marcus Vinicius Taques
Other Authors: Rocha, Enivaldo Carvalho da
Format: Tese
Language: Português
Published: Recife 2020
Subjects:
Online Access:
id oai:bdjur.stj.jus.br.trabalhos_academicos:oai:localhost:bdtse-6627
recordtype tse
spelling oai:bdjur.stj.jus.br.trabalhos_academicos:oai:localhost:bdtse-66272020-06-03 E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016) Arruda, Marcus Vinicius Taques Rocha, Enivaldo Carvalho da Tribunal Superior Eleitoral Financiamento Campanha eleitoral Eleições Voto Prestação de contas de campanha eleitoral Financiamento eleitoral Testa a hipótese de que mesmo após o fim do financiamento de campanha por pessoas jurídicas no Brasil nas eleições de 2016 se manteve uma correlação positiva entre a magnitude do efeito do gasto de campanha e a quantidade de votos obtidos pelos candidatos, bem como identifica quais atores passaram a influenciar no financiamento de campanha e consequentemente nos resultados eleitorais. O desenho de pesquisa combina estatística descritiva e multivariada para examinar informações secundárias coletadas no sítio eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a respeito das eleições para prefeitos e vereadores das capitais brasileiras no ano de 2016. Os resultados indicam que: (1) o gasto de campanha continua exercendo efeito positivo sobre a quantidade de votos obtidos nas eleições; e (2) o financiamento partidário passou a ter protagonismo nas eleições. It tests the hypothesis that even after the end of campaign funding by legal entities in Brazil in the 2016 elections, there has been a positive correlation between the magnitude of the effect of campaign spending and the number of votes obtained by the candidates, as well as it identifies which actors started to influence the financing of the campaign and consequently the electoral outcomes. The research design combines descriptive and multivariate statistics to examine secondary information collected on the Electoral Superior Court (TSE) website regarding the elections for mayors and city councilors of Brazilian capitals in 2016. The results indicate that: (1) campaign spending continues to have a positive effect on the number of votes; and (2) party funding has come to play a leading role in the elections. 2020-05-04T18:38:32Z 2020-05-04T18:38:32Z 2018 2018-08-31 Tese ARRUDA, Marcus Vinicius Taques. E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016). 2018. 96 f. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2018. http://bibliotecadigital.tse.jus.br/xmlui/handle/bdtse/6627 pt_BR <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/"><img alt="Licença Creative Commons" style="border-width:0" src="https://i.creativecommons.org/l/by/4.0/88x31.png" /></a><br />Este item está licenciado com uma Licença <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/">Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>. 96 f. Recife
institution TSE
collection TSE
language Português
topic Financiamento
Campanha eleitoral
Eleições
Voto
Prestação de contas de campanha eleitoral
Financiamento eleitoral
spellingShingle Financiamento
Campanha eleitoral
Eleições
Voto
Prestação de contas de campanha eleitoral
Financiamento eleitoral
Arruda, Marcus Vinicius Taques
E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
description Testa a hipótese de que mesmo após o fim do financiamento de campanha por pessoas jurídicas no Brasil nas eleições de 2016 se manteve uma correlação positiva entre a magnitude do efeito do gasto de campanha e a quantidade de votos obtidos pelos candidatos, bem como identifica quais atores passaram a influenciar no financiamento de campanha e consequentemente nos resultados eleitorais. O desenho de pesquisa combina estatística descritiva e multivariada para examinar informações secundárias coletadas no sítio eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a respeito das eleições para prefeitos e vereadores das capitais brasileiras no ano de 2016. Os resultados indicam que: (1) o gasto de campanha continua exercendo efeito positivo sobre a quantidade de votos obtidos nas eleições; e (2) o financiamento partidário passou a ter protagonismo nas eleições.
author2 Rocha, Enivaldo Carvalho da
format Tese
author Arruda, Marcus Vinicius Taques
title E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
title_short E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
title_full E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
title_fullStr E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
title_full_unstemmed E agora, José? Financiamento de campanha e voto no Brasil (2012 e 2016)
title_sort e agora, josé? financiamento de campanha e voto no brasil (2012 e 2016)
publisher Recife
publishDate 2020
url http://bibliotecadigital.tse.jus.br/xmlui/handle/bdtse/6627
_version_ 1673264044607275008
score 12,41669